O passarinho que ficou no Ninho

   A mãe passarinha teve vários filhotes e os criava dentro do ninho, dando comida e os aquecendo esperando-os crescerem. A mãe passarinha saia para buscar comida ou outras vezes saia para buscar mais ramos para ir colocando na sua casa (ninho) para proteger seus filhotes.

   Os filhotes cresceram e à medida que foram criando forças, foram aprendendo a voar e foram em busca de seus próprios desafios, uns mais pertos e outros mais longe, mas um desses filhotes resolveu ficar em seu ninho por uma causa que ele achava nobre: Gastar tempo com a família, um gesto nobre e valoroso, mas que como a dose foi exagerada acabou trazendo alguns problemas.

   Esse filhote que não quis sair de casa, às vezes precisava sair do ninho, mas como não era muito acostumado a isso, muitas vezes ficava perdido nos seus voos e tinha que ligar e buscar orientação da mãe passarinha para poder voltar para casa ou muitas vezes estava sem dinheiro e procurava pela mãe para poder compra o que precisava e voltava para o ninho, entendo que estando dentro do ninho estava valorizando a família.

   Os irmãos do passarinho que ficou no ninho, trabalhavam o dia todo, buscavam sua própria comida, uns conseguiram já montar seu próprio ninho e não dependiam em nada de sua mãe passarinha e poucas vezes voltavam no ninho da mãe para fazer alguma coisa, mas quando voltavam era uma festa de alegria quando a mãe passarinha reencontravam alguns de seus filhotes que estavam longe; mas o passarinho que ficou em casa, muitas vezes não se alegrava com a volta dos irmãos, pois dizia que faziam barulho de mais em suas conversas, que sujavam a casa, as louças e depois tudo isso iria sobrar para a mãe passarinho fazer.

   Os irmãos do passarinho que ficou no ninho, tinham a pele mais escura, tinham os pés calejados, não se machucavam com qualquer coisa, eram exímios voadores e excelentes caçadores de seus sustentos, já o passarinho que não quis sair de casa, não sabia levantar seu próprio sustento, vivia as custa da mãe o tempo todo, se precisasse comprar uma cueca, tinha que pedir para mãe; ele tinha a pela muito branquinha, as mãos lisinhas, era muito inteligente, mas não sabia como usar essa inteligência, pois dentro do ninho ele já tinha usado sua inteligência ate onde não o cabia.

   O passarinho que ficou em casa, se feria em seu próprio ninho, pois os ramos que eram feitos os ninhos, às vezes eram duros para dar sustentação ao ninho, e como a pele dele era fina por não sair muito de casa e não pegar sol, o fragilizou ao ponto de qualquer coisa o magoar, qualquer pontinha de galho o furava.

   O passarinho que ficou em casa tinha tanto amor pela mãe passarinha, que tinha em excesso, e que os estudiosos chamam esse excesso de ciúmes, e isso era uma coisa que esse passarinho tinha e muito, então esse passarinho com seu excesso de ciúme, acabava tendo brigas com seus irmãos, brigas com as amigas da passarinha mãe, brigava com deus e o mundo, apenas pelo egoísmo de ter a atenção da mãe passarinha, mas que na cabeça dele, era amor e apenas queria gastar tempo com a família.

   Os passarinhos irmãos que saíram de casa, amavam muito a mãe passarinha, mas entendiam que a vida tem um curso a seguir, que é de crescer e sair do ninho e cuidar da vida e que fazendo isso estará mostrando para sociedade dos passarinhence, que foi bem ensinado pela mãe a como viver a vida, como voar, a como se comportar fora do ninho.

   O passarinho que ficou em casa para gastar mais tempo com a família, acabou por excluir a própria família de seu convívio, mesmo estando dentro de casa o tempo todo, pois não suportava ver seus irmãos conseguirem viver a vida deles, da forma que eles queriam e isso o incomodava tanto, que esse passarinho resolveu sua vida se matando… De inveja, de ciúmes, de vaidade de ter a atenção da mãe 24h e teve seu sepultamento dentro de seu próprio ninho, com seus amigos virtuais do Facebook sendo os convidados do velório.

Joberson Lopes Lindale, EUA 28 de marco de 2013.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s