Viva e deixe viver

    Quando eu cheguei aos 18 anos uma das coisas que mais se ouvia falar entre meus amigos era que dia que teríamos que nos apresentar ao Exercito Brasileiro para a possibilidade de sermos convocados a sermos soldado.

    Para muitos de meus amigos essa era uma boa possibilidade, muitos estava vibrando por saber que poderiam ser escolhidos a passar uma temporada no exercito, mas eu “corria” por fora tentando conseguir com alguém, um comprovante de arrimo de família para poder me livrar da obrigatoriedade do serviço militar.

    O regime militar nunca me chamou a atenção, pois a ideia de ser comandando por alguém me causava irritação. A possibilidade de eu fazer o que eu não queria, comandado por alguém que eu não conhecia e fazer coisas sem sentido apenas para satisfazer o ego de alguém que quer comandar, me causava extrema indignação.

    Na época do alistamento eu não tinha essa certeza que tenho hoje, mas não gostava da ideia de ser manobrado por alguém sem a minha permissão, mas hoje eu tenho convicções sobre o porquê eu não queria está no exercito: EU AMO MINHA LIBERDADE!

    Eu tenho um ímpeto de liderança dentro de mim, que muitas vezes tenho que controlar para poder me submeter a lideranças, mas acho que isso é positivo; pois com toda certeza eu prefiro viver o restante da minha vida, tendo que controlar essa minha ansiedade em comandar, do que ter que ouvir ordens a vida toda, perdendo minha liberdade de escolha, perdendo meu LIVRE ARBÍTRIO que o Próprio Criador dos céus e da Terra quis deixar em minhas mãos para eu poder tomar as minhas próprias decisões.

    Muitas pessoas têm problemas com liberdade, pois acabam se “matando” com a liberdade e por isso preferem viver subjugado por alguém ou por algum regime, para não terem a responsabilidade da maioria dos seus atos. Eu não acredito que a liberdade seja ruim, pelo fato de termos pessoas descontroladas e covardes que não conseguem se comportar com o que tem.

    Eu prefiro a responsabilidade de meus atos diante de Deus e da sociedade, do que me submeter a certos regimes impostos pela sociedade, pela igreja, pois eu sei que tenho a plena capacidade de decidir o que é bom ou não para minha vida.

    Muitas pessoas se acham no direito de querer ditar como o outro tem que viver, o que tem que comer, qual o curso tem que estudar, que carro é melhor, qual lugar é melhor para trabalhar, entre outras coisas. Pensando que estão fazendo melhor para o outro e esse outro acaba fazendo o que está lhe sendo imposto, mesmo não gostando, mas faz pois essa opção tem a aparência boa.

    Ser liberto para escolher o que quiser é uma dadiva de Deus ao homem e em muitos momentos da historia, vemos pessoas criando regimes para tirar essa liberdade do homem com pretexto de “isso é o melhor para você”. Eu abomino isso!!

    Vemos países como Cuba que impendem cidadãos do seu país a sair e viajar para onde eles querem outro como Coreia do Norte fazendo com que seu povo viva como escravos sem escolha pelo simples fato de um cara em uma determinada época da historia da humanidade, ter submetido os seus iguais a algumas regras e perpetuam essa dinastia cruel ate hoje, sem dar a possibilidade das novas gerações escolherem se querem continuar o tal regime.

    Não consigo compreender o regime militar que acredita que por você não ter a mesma patente que outros, você é menor que o outro, por isso tem que ganhar muito menos e trabalhar muito mais, pelo simples fato às vezes, de você não ter nascido filho de um coronel, capital ou algo do tipo e o que lhe restou foi ser soldado.

    O povo hebreu se submeteu a liderança de um Rei contra a vontade de Deus, mesmo Deus dizendo que não era isso que Ele tinha planejado para eles, que com certeza eles iam se arrepender e com certeza hoje se arrependeram.

    Não consigo compreender como alguns seres humanos, mortais, que quando morrer terá o mesmo destino de todos, se sentem no direito de dominar o seu semelhante por mero capricho ou simplesmente porque o seu próximo é de cor diferente, tem idioma diferente ou de classe social baixa. Ser líder não lhe dá o direito de tirar o direto de ninguém seja pelos motivos que você tiver.

     Eu amo minha liberdade, pois é o que hoje, eu tenho de maior, ainda que seja uma liberdade controlada pelo estado, pelos costumes, mas eu tento ao máximo continuar sendo livre para escolher o que eu quero comer, o que quero vestir, como devo me portar à mesa, o que falo perto dos amigos, entre outras coisas mais; eu prezo pela minha liberdade, mesmo nunca diretamente sendo escravo, eu prezo por ser livre.

    A bíblia tem escrito: “Se Cristo te libertar, verdadeiramente sereis livres” e é por essa liberdade que eu luto, incentivo a qualquer um ter opinião própria, expor o que pensa independente do que irão pensar os religiosos, os aristocratas, os pobres, os ricos, seus pais ou quem quer que seja.

    Eu busco viver a minha liberdade e espero que ela não te incomode, pois se tiver te incomodar, o que eu posso fazer é apenas continuar a te incomodar, pois eu verdadeiramente sou livre e fui feito Livre por quem poderia dominar a todos, Deus.
Joberson Lopes  Recife, 08 de fevereiro de 2013



Viver e nao ter a vergonha de Ser Feliz

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s